Início Parada Urgente RIBEIRINHOS – Mutirão de limpeza em São Carlos é concluído...

RIBEIRINHOS – Mutirão de limpeza em São Carlos é concluído com presença do prefeito

54
0
COMPARTILHAR

Com seis meses de gestão o prefeito dr Hildon Chaves fez sua primeira visita a um distrito do Baixo Madeira no último sábado (1º), quando foi a São Carlos acompanhar mais uma etapa do mutirão de limpeza feito pela subsecretaria de Serviços Básicos (Semusb). O prefeito aproveitou a oportunidade para receber lideranças e moradores das comunidades de Terra Caída, Cavalcante e Lago do Cuniã, com quem ficou sabendo da situação e das principais necessidades de cada uma delas. Também estavam na recepção ao prefeito, moradores das comunidades de Brasileira, Bom Será e Prosperidade.

Logo que chegou a São Carlos, o prefeito recebeu representantes de Cavalcante, comunidade formada por retirantes da própria São Carlos e de Terra Caída, após a grande enchente de 2014, cujo pedido principal é a abertura de ruas e o levantamento topográfico para a instalação da rede elétrica pela Eletrobras. O prefeito conversou com lideranças e pediu ao presidente da Câmara Municipal, Maurício Carvalho, que o acompanhava na visita, para representá-lo em reunião com a comunidade de Cavalcante, que fica na margem oposta em frente à Terra Caída.

Com relação à comunidade de Cuniã, a reivindicação que mais preocupou o prefeito foi a falta de professores. São cerca de 60 alunos que estão tendo aulas ministradas por uma professora que faz serviço voluntário e um professor que não possui formação mínima necessária. Dr Hildon explicou que a Secretaria Municipal da Educação está promovendo seleção simplificada para a contratação emergencial de professores e que já a partir do início do segundo semestre haverá professores disponíveis para atender aos alunos do Lago do Cuniã.

Outro pedido foi com relação à recuperação da estrada que liga São Carlos ao Lago do Cuniã, numa distância de 14 quilômetros. O problema é que, além de não existir cascalho na região, essa estrada só pode ser utilizada nos seis meses de verão. No restante do ano, na estação das chuvas, fica alagada e intransitável. De qualquer forma, ela reduz o tempo de viagem de duas horas de barco para cerca de quinze minutos de moto ou carro. O prefeito dr Hildon repassou para o subsecretário Wellen Prestes, a missão de manter a estrada trafegável neste período de seca.

GESTÃO

Dos documentos entregues ao prefeito, o primeiro foi um abaixo-assinado de alguns moradores que se mostravam descontantes com o administrador nomeado por dr Hildon Chaves, Mário Viana. O incômodo com o novo administrador foi, aparentemente, por ter colocado os servidores para trabalhar. Das cerca de 340 famílias residentes no núcleo urbano de São Carlos, 108 são servidores da Prefeitura. São 15 à disposição da sede administração, 55 na escola Henrique Dias, 31 na unidade de saúde e até um Núcleo de Ensino existe para cidade com sete servidores para cuidar de apenas uma escola.

Mário Viana disse que na gestão anterior, o consumo de combustível para transporte escolar e outros atendimentos a comunidades próximas chegava a 700 litros por mês. Hoje não passa de 200. Sintonizado com o discurso do prefeito dr Hildon Chaves de fechar ralos do desperdício e do combate à corrupção, Mário Viana reverteu uma situação que se complicava a cada mês, que é pagamento do consumo de água.

Como não há abastecimento pela Caerd, a Prefeitura cobra uma taxa para pagamento da conta de energia elétrica e manutenção da bomba. Por essa forma, os moradores pagam a taxa e o administrador se responsabiliza pelo pagamento da conta de energia. Só que, no período de dezembro de 2010 à janeiro deste ano, apesar da imensa maioria dos moradores pagar sua cota regularmente, acumulou-se uma conta que já passa dos R$ 58 mil.

Sob a nova administração, de fevereiro para cá, Mário Viana tem deixado todas as contas em dia e ainda acumula um saldo de R$ 3,1 mil, ou seja, inverteu a situação, desagradando a alguns que se supostamente se beneficiavam do descontrole que havia.

SAÚDE

O prefeito visitou ainda o posto de saúde local e autorizou a reforma de uma casa, onde funcionava o posto, para acomodar médicos e outros profissionais da saúde em plantão na localidade. Também disse que vai determinar à Semusa a manutenção do estoque de medicamentos básicos para a unidade local.

Antes de retornar à sede do município o prefeito se reuniu na escola Henrique Dias com os garis que fizeram o mutirão de limpeza. “Sobre a Semusb e Semob não tenho nada a falar, nada a desaprovar. Pelo contrário, tenho só agradecimento e gratidão. Vocês estão fazendo uma cidade mais bonita, mais higiênica e mais saudável para se viver”, elogiou o prefeito, recebendo em troca também muita parabenização por ser o primeiro prefeito que tem ido com frequências às várias frentes de trabalho conversar diretamente com os servidores.

Fonte Comdecom

Deixe um Comentário