Início Política Ambulantes não vão ser mais retirados das calçadas

Ambulantes não vão ser mais retirados das calçadas

109
0
COMPARTILHAR

Pressionados pela opinião, após a polêmica aprovação da lei, posteriormente suspensa, que extinguiu o benefício do qüinqüênio aos servidores públicos municipais, os recém vereadores empossados de Porto Velho começaram a tomar medidas de questionamento em relação às ordens do prefeito Hildon Chaves (PSDB).

A declaração de alguns vereadores que votaram de acordo com o prefeito de que ele teria enganado os parlamentares embutindo a lei em projeto pegou mal e colocou a câmara em rota de colisão com o executivo.

Na intenção de mostrar trabalho os vereadores intervieram na mais nova polemica envolvendo atos do executivo municipal, a retirada de ambulantes e produtos vendidos em calçadas nas áreas de grande movimento da capital.

Querendo fazer uma “limpeza” nas ruas da cidade, Hildon caiu em mais um contraponto que revoltou os comerciantes e familiares atingidos com a ação abrupta dos fiscais da prefeitura.

De acordo com a comunidade a zona Sul e Leste seriam as mais impactadas ao mesmo tempo em que bares e áreas de comércio na zona Central continuam utilizando as calçadas sem nenhum problema. Sendo um dos maiores exemplos o local conhecido como “Calçada da Fama”, na avenida Pinheiro Machado.

Os comerciantes retirados de suas áreas de trabalhos rapidamente se manifestaram e conquistaram o apoio de lideranças comunitárias fazendo com que nesta última quarta-feira (15), durante uma audiência pública, fosse acatado uma solicitação para que os comerciantes retirados pudessem ter o prazo de 45 dias para se regularizarem.

Uma comissão de vereadores será destacada para um grupo composto por representantes da prefeitura e a categoria atingida, para definir as medidas futuras pertinentes ao caso. Por enquanto, as retiradas de ambulantes das calçadas estão suspensas.

Fonte: Rondoniaaovivo

Deixe um Comentário