Início Eventos Porto Velho vai sediar reunião do Conselho Nacional de Controle Interno em...

Porto Velho vai sediar reunião do Conselho Nacional de Controle Interno em abril

103
0
COMPARTILHAR

orto Velho vai receber, nos dias 6 e 7 de abril, a 22ª Reunião Técnica do Conselho Nacional de Controle Interno (RTC). O evento trará à capital do estado representantes dos órgãos de controle interno dos estados, do Distrito Federal e capitais, além de assessores técnicos e palestrantes.

Porto Velho será sede de encontro

Porto Velho será sede da reunião do RTC

“Vamos discutir, orientar e promover a boa gestão dos recursos públicos”, resume Francisco Lopes Netto, controlador geral do estado. A escolha de Porto Velho como sede da reunião aconteceu durante a 21ª RTC, que aconteceu em Florianópolis.

O evento é significativo para Rondônia, que é membro Conselho Nacional de Controle Interno (Conaci). O Portal Transparência, mantido pela Controladoria Geral do Estado (CGE), obteve nota 10 no Ranking Nacional da Transparência em 2016. A avaliação foi feita pelo Ministério Público Federal.

A Controladoria Geral do Estado (CGE) é a responsável pela organização do evento e já realizou diversos encontros com órgãos parceiros para tratar dos detalhes. “Já está decidido que as reuniões técnicas serão realizadas das 9h30 às 18h, nos dois dias”, revelou o controlador geral Francisco Netto.

VALORIZAÇÃO

A realização da reunião em Rondônia, ao mesmo tempo em que possibilita a aproximação dos técnicos do controle externo locais, valoriza o trabalho da CGE, que tornou-se referência para órgãos similares no país.

A promoção da transparência das ações do governo estadual e valorização da cidadania tem tornado a gestão pública ainda participativa, ao mesmo tempo em que se abre para contribuir para que também os municípios se envolvam com estas práticas.

No controle interno, o item transparência é fundamental. A CGE atua para assegurar, através deste meio, que o cidadão conhecimento do que a administração está fazendo. É, ainda, uma forma de prestar contas, fato que confere credibilidade à administração e facilita a obtenção de recursos pelo estado.

Para conhecer melhor os atos governamentais, a CGE mantém  atualizado o Portal da Transparência, que recebeu a avaliação máxima do Ministério Público Federal em 2016. O portal iniciou suas atividades em julho do mesmo ano.

É pelo portão que o cidadão pode conferir todos os atos da administração, inclusive informações sobre servidores.

Assessoria

 

Deixe um Comentário