Início Parada Urgente Semtran fiscaliza vagas prioritárias no Shopping

Semtran fiscaliza vagas prioritárias no Shopping

75
0
COMPARTILHAR

Mesmo com toda sinalização, alguns carros foram flagrados ocupando espaços prioritários

Quem visitou o Porto Velho Shopping no último final de semana foi abordado na entrada pela equipe da Secretaria Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transporte, numa ação para fiscalizar a ocupação das vagas prioritárias no estacionamento.

Mesmo com placas de sinalização, alguns carros foram flagrados infringindo a lei. A ação tomada pela equipe da Semtran foi, neste primeiro contato, a orientação ao condutor do veículo. A Federação dos Deficientes do Estado de Rondônia aplicou a “Multa Moral” da campanha do Detran para sensibilizar e educar os motoristas.

Outro problema fiscalizado e também orientado, foi a falta do cartão de estacionamento obrigatório para utilização das vagas reservadas aos portadores de necessidades especiais e idosos. Sujeito a multa por infração gravíssima, é valido para edificações públicas ou privadas de uso coletivo, conforme Código de Trânsito Brasileiro.

Quem tem direito às vagas especiais e ainda não se credenciou pode comparecer a Semtran, à avenida Amazonas nº 1576 das 9h às 14h, com os seguintes documentos: RG, CPF, comprovante de residência atual, Carteira Nacional de Habilitação (condutor ou representante) e valor de R$ 20,77 para abertura do processo. Além desses documentos, pessoas com deficiência deverão levar o laudo médico.

A equipe da Divisão de Treinamento e Educação para o Trânsito da Semtran distribuiu panfletos orientativos alertando os condutores para o tipo de infração e o valor atualizado das multas que passaram a valer desde novembro do ano passado.

De acordo com dados repassados pela administração do Shopping ao subsecretário municipal de Trânsito, Marden Negrão, cerca de 700 mil pessoas circulam pelo shopping mensalmente, isto é, mais que a população toda de Porto Velho, sendo que a ampla maioria vai de carro ou moto. Por isso, Negrão crê que uma ação de conscientização bem feita terá repercussão em várias outras áreas de estacionamento público na cidade.

Assessoria

Deixe um Comentário